Skip links

O Uso da água

A humanidade já passou por grandes duas gerações, a industrial e a agrícola, em que a água se encontrou presente nas duas. Primeiramente o homem aprendeu a buscar a água para ele desde que descobriu como controlar os rios, em que tal exploração deu início a agricultura e que originou a urbanização.

Assim, pode-se dizer que a água sempre foi utilizada por todos os seres humanos para o seu consumo e como fonte de alimento, em que o crescimento das primeiras civilizações há bilhões de anos ocorreu em locais onde existiam rios.

Com o passar do tempo, o homem foi descobrindo outras finalidades de usar a água, em que o primeiro surgimento do sistema de distribuição da água teve ocorreu há aproximadamente 4500 anos atrás, onde o homem aprendeu sobre a armazenagem da água para o seu benefício.

Com isso, já se pode ter uma ideia de que a água é um recurso fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos, mantendo o corpo humano hidratado, além de ajudar no transporte de substâncias, ajudar na preparação de alimentos, entre outras funções.

No entanto, com o decorrer do tempo, as necessidades do ser humano e o crescimento da população, teve-se cada vez mais um aumento da quantidade de água, em que ao mesmo tempo, eram buscadas novas fontes de suprimentos da água, até mesmo em subsolo.

Além disso, com o surgimento do avanço da tecnologia, teve-se a possibilidade da utilização da água para a produção de energia elétrica a partir de usinas hidrelétricas, em que o homem notou que as quedas d’água apresentavam energia potencial para movimentar as turbinas das usinas e gerar energia.

Dessa forma, é sempre muito bom lembrar que sem a água não existiria vida no planeta, pois ela é de total necessidade para a vida de todos que habitam a Terra. Assim, se existe a falta de água, a vida se encontra ameaçada, o que se faz necessário economizá-la para que não falte futuramente.

O grande crescimento populacional tem levado a um grande gasto de água,seja para consumo direto ou para produção de bens de consumo, e por conta ainda da vida dos países desenvolvidos que possuem um maior consumo de água.

Com isso, é preciso que exista a preservação dos rios, pois assim se preserva uma grande parte da vida, principalmente porque muitas cidades se encontram na proximidade dos rios. Essas águas normalmente servem para o uso do abastecimento, doméstico, para a irrigação, na produção industrial, como fonte de energia e como meio de transporte.

Mas, os produtos químicos e tóxicos, como os metais pesados e mercúrio, utilizados nas indústrias, acabam produzindo muitos detritos que podem ser despejados de forma direta em lagos, rios ou nas águas costeiras, vindo a matar organismos vivos. Por mais que a água se encontre em abundância no planeta, somente 3% dela pode ser usada para o consumo.

Mais do que um insumo indispensável, esse é um recurso estratégico para o desenvolvimento econômico, além de ser vital para manter os ciclos biológicos, geológicos e químicos, mantendo o equilíbrio dos ecossistemas, sendo ainda uma referência cultural e um bem social para a qualidade de vida de toda a sociedade.

Deixe seu comentário

× Whatsapp